O paradoxo da séca em Portugal

Partilha? Obrigado!Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on RedditShare on TumblrEmail this to someone

Atualmente é raro que passe um dia, em que não se fale da séca. Poderia ser da séca dos programas da televisão, também poderia ser da séca que muitos desempregados passam em casa, a ver a vida andar para trás…Agora referimo-nos mesmo àquela que é o resultado de não haver chuva : a séca por falta de água que poderá causar-nos grandes problemas adicionais para 2012, que já por si está a ser um ano tão “alegre” e “promissor”… :-)
O que é de estranhar mais, não é o fato de não chover, pois isto é um fator que se repete frequentemente, e também não é o fato das pessoas se queixarem do tempo… Por parte da política, o contributo para resolver o problema da séca, tem sido tão inútil como ineficaz – igual que a maioria das coisas que este Governo está a fazer… A ministra do ambiente anunciou que iria rezar, para que chovesse, o que é verdadeiramente hilariante…

É de estranhar, que a conclusão mais importante a tirar dos problemas da séca quase não seja falada em parte nenhuma, ou seja, A NECESSIDADE DE ECONOMIZAR ÁGUA !!!

Por essa razão, enquanto que os políticos nada fazem, as noticias continuam à procura de sensações secantes e os agricultores continuam a queixar-se, a Evolucom aproveita para dar as seguintes sugestões :

– Utilizar Redutores de torneira !

Existem vários tipos de redutores no mercado. Tanto em supermercados como em drogarias, lojas da especialidade e até no chinês existem várias opções disponíveis. O mais importante é que se trate de acessórios que não entupam com facilidade, e que sejam resistentes, nomeadamente à agua quente. É importante saber que uma torneira sem redutor gasta entre 12 e 16 litros de água por minuto. Existem redutores a partir de 9 litros por minuto, que na nossa opinião continuam a gastar demasiada água. Os “normais” reduzem o caudal para 6 ou 7 litros, alguns para 5. Na Evolucom temos redutores de 4 litros por minuto, o que é mais do que suficiente para um lavatório!
Atenção para quem tem esquentador a gás : esses aparelhos necessitam de um caudal mínimo para disparar e produzir agua quente. É um equipamento clássico para garantir consumos desnecessários!

Redutores de chuveiro ou cabeças de chuveiro baixo consumo.

Igual que os redutores de torneira, estes acessórios existem em variadas formas. O problema é mais uma vez que a redução muitas vezes não é tanta, como poderia ser. Um chuveiro normal gasta entre 16 e 24 litros de água por minuto. Muitos chuveiros “de baixo consumo” gastam 8 a 12 litros por minuto, com o detalhe de matarem a pressão de tal forma, que um duche acaba por ser muito pouco revigorante.
Mais uma vez, a Evolucom tem um equipamento que se destaca : 6,5l/min é o consumo máximo que o chuveiro Ecoxigenio permite ao utilizador, no entanto, a pressão com que água sai, é muito elevada, graças à construção patenteada da cabeça de duche….

– Utilizar esquentadores elétricos para aquecer a água, é uma opção normal em países como a Alemanha ou muitos outros, por serem muito económicos. Cá a utilização é menor, porque as potências habitualmente disponíveis na habitação, são baixas, o que limita a utilização deste material. Ainda assim, normalmente é possível. Estes equipamentos funcionam de forma descentralizada e com um baixíssimo caudal, e porque permitem programar a temperatura de água que se pretende, só é aquecida e consumida a água quente que realmente se precisa, á temperatura certa. Por ser um equipamento descentralizado, pode instalar-se no local onde a água é consumida, de modo que não há tempos de espera, até que a água chegue…
Na Evolucom trabalhamos com o produto Clage, o líder deste tipo de equipamento, mas no mercado existem também outros esquentadores elétricos, de mesma e pior qualidade, mais caros e mais baratos também.

Lavar o carro SEM ÁGUA.
Um dos processos frequentes, que consome muita água, é a lavagem de carros. Nesse âmbito a Evolucom tem mais uma vez uma solução privilegiada, que apresenta muitas vantagens :
1º Não se consome nenhuma água para lavar o carro (por dentro, por fora, vidros, jantes, plasticos, etc.)
2º Pode lavar-se o carro em qualquer lugar !
3º Uma lavagem completa fica entre 2 e 3 Euros !
4º Para além de limpar profundamente, todos os materiais do carro ficam também tratados e protegidos.
5º Trata-se de um produto premiado internacionalmente, prático, eficaz e fácil de usar.

Chama-se Vulcanet e está disponível para venda direta através de nós… Mais informações, por email (evolucom@gmail.com)  !

– Não menos importante que todos os pontos acima descrito, é a educação e o bom senso de cada um de nós:
—-> Regar a rua (em vez de pegar na vassoura) não é uma boa opção, quando há falta de água.
—->Tomar banho de banheira a toda a hora, deve ser evitado.
—->Ficar duas horas debaixo do duche, é dispensável
—->Gastar mais agua de propósito, apenas porque não se está a pagar o consumo (por exemplo no hotel) é sempre uma parvoíce !

E já agora fica também a seguinte dica :
Há cada vez mais estudos e provas que sugerem que a água da torneira portuguesa em parte é de melhor qualidade do que a agua engarrafada ! Que tal aproveitar esse facto, para reduzir o consumo do plástico utilizado nos engarrafamentos, e beber a água da torneira?

Sugestões adicionais são bem vindas !

www.evolucom.pt

Partilha? Obrigado!Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on RedditShare on TumblrEmail this to someone

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios devem ser preenchidos *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>