Tag Archives: mustangues

Animais Ferais; de volta à essência.

Charolais_cattle,_Sierra_Nevada,_Venezuela

A domesticação de animais sempre aconteceu a partir de animais selvagens, de forma natural, não existe dentre animais selvagens, animais considerados domésticos, embora, existam animais mais ariscos e agressivos e outros que são mais dóceis. Durante a história humana, animais foram sendo selecionados de acordo com as suas características, afim de serem utilizados para ajudar os seres humanos, seja na provisão de leite, arado, ovos, locomoção, carne, pele e até mesmo segurança, companhia e pastoreio.

Vagarosamente, durante os anos, os animais foram se incorporando ao mundo dos seres humanos, porcos, galinhas, cavalos, vacas, cães, gatos e muitos outros.  Se tornaram de alguma forma dependente do cuidados dos humanos, mas poderiam esses animais voltar novamente à essência? Novamente caminhar nas florestas, bosques e pradarias como um animal selvagem?

A resposta é sim. São os animais ferais, animais que vieram de um processo de domesticação durante muitos anos e que depois, simplesmente, fugiram ou foram abandonados construindo uma complexa sociedade selvagem e voltando a ser parte da natureza.Os impactos ecológicos são muitos e talvez o exemplo mais emblemático seja o dos dingos, os cães selagens da Austrália. Durante muito tempo os predadores topo de cadeia alimentar da Oceania eram os marsupiais carnívoros, como o Tigre da Tasmânia. (veja o artigo sobre esse curioso animal aqui) Contudo, com a introdução de cães, dos primeiros que visitaram a Austrália, as populações nativas foram decrescendo pela competição com esses animais até que os marsupiais carnívoros foram extintos da Austrália. Wild_Horses_on_Steens_Mountain_(6983016963)

O Dingo, que é uma subespécie do Lobo, se adaptou muito bem à Oceania e até hoje perdura como principal predador, se alimentando principalmente de cangurus, coelhos e ratos. Outros inúmeros animais hoje vivem em populações selvagens e derivam de animais domésticos, como é o caso dos cavalos selvagens da América do Norte, os chamados Mustangues (foto). É também curioso o caso dos dromedários na Austrália, um bom exemplo de como tais animais encontraram um ótimo lugar para se desenvolver e hoje vivem normalmente, pastando nas planícies áridas australianas. Os dromedários foram introduzidos pelos primeiros pioneiros que lá chegaram.

Gatos, cabras, porcos, gado e muitos outros animais vivem na natureza selvagem, se readaptaram , reproduziram e encontraram um nicho ecológico para se perpetuarem. As implicações ecológicas, no entanto, são bastante complexas. Fato é que sim, muitos animais domesticados voltaram à sua essência selvagem.