A subjetividade da percepção humana.

A subjetividade da percepção humana.

É 6 ou é um 9?

6ou9

As pessoas experimentam os eventos de maneira diferente, e na verdade nós mesmos sentimos as coisas diferentes de acordo com cada fase da nossa vida, de acordo com o que registramos na nossa mente. Pessoas que tinham medo de escuro não precisam mais ter, necessariamente.

Tudo depende, depende do ponto de vista. Claro que essa relatividade não pode ser utilizada como desculpa para agir de modos pouco convencionais e usar isso como desculpa de comportamentos moralmente e eticamente condenáveis.

O aspecto é como as pessoas criam fobias, sentem mais medos, são mais otimistas, mais pessimistas. Como que isso acontece?

Porque cada pessoa no mundo tem um mapa, que representa a sua realidade, o mapa é uma representação da realidade e por isso ela pode mudar tanto de uma pessoa à outra. Por exemplo o mapa do Brasil é uma representação cartográfica do Brasil ele é usado utilmente para simplificar uma complexidade muito maior do que a que ele representa. Da mesma forma nós também fazemos isso, fazemos as nossas representações da realidade.

Como não é possível assimilar tudo e analisar todo o mínimo detalhe da nossa vida, montamos um escopo, um molde para nos guiar, a partir dos nossos 3 filtros perceptivos:

Generalização:

Generealizamos para simplificar as coisas, se descobrimos uma vez que o fogo queima, aprendemos a agrupar a idéia que precisamos ter cuidado com o fogo, se não poderemos nos ferir, isso realmente é uma coisa que ajudou à nossa sobrevivência, mas precisamos estar atentos para que algumas generalizações não sejam falsas associações ou preconceitos que podem limitar nosso modo de vida.

Omissão:

Omitimos parte das informações que chegam até nós, mesmo porque é impossível processar tudo, dessa forma seletivamente nosso cérebro define coisas a serem deixadas de lado, mas isso pode causar uma percepção que não corresponde completamente aos fatos. Tendemos a nos lembrar mais de críticas do que de elogios e isso pode minar a nossa auto-estima.

Distorção:

Distorcemos algumas informações e fazemos associações mentais que geram uma diferença considerável na percepção. É por isso que algumas pessoas tem certos medos específicos, são mais otimistas ou mais pessimistas, basicamente o que foi coletado foi organizado de uma forma a criar algo subjetivo.

A forma com que enxergamos a vida é um modelo, precisamos ter cuidado para algumas das nossas crenças mais fundamentais e limitantes não serem apenas um modo modificado da realidade que apenas limita de alguma forma nosso modo de ser.

“Um homem não pode entrar no mesmo rio duas vezes” (Heráclito)

A frase acima significa que as águas de um rio corrente modificam a cada momento, e da mesma maneira uma pessoa se modifica, essa plasticidade da vida deve ser entendida, em especial para compreendermos melhor as relações humanas e como cada qual pensa.

A percepção de uma pessoa sobre determinado evento pode ser modificada de diversas formas, quando acontece uma ressignificação no cérebro e muitas vezes é compreender que o “6” e o “9” são a mesma representação numérica dependendo do ponto de vista.

One thought on “A subjetividade da percepção humana.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>